Arquivo da categoria: Xen

O Hypervisor

Hypervisor, ou Monitor de Máquina Virtual (VMM) é uma camada de software entre o hardware e o sistema operacional, que permite executar múltiplos sistemas operacionais em um mesmo equipamento ao mesmo tempo. O VMM controla o acesso dos sistemas hóspedes aos dispositivos de hardware e dá a cada máquina virtual a ilusão de que ela está sendo executada em um hardware próprio.

É interessante notar que o hypervisor não executa em modo usuário, pois é ele que deve executar, ou simular a execução, das instruções privilegiadas requisitadas pelo sistema operacional visitante.

Existem basicamente dois tipos de hypervisors: O primeiro é o que roda diretamente sobre o hardware, a expressão usada é “on bare metal”, ou “direto no metal”.

O segundo é um software que roda dentro do ambiente do sistema operacional.

Também existe um tipo híbrido, que roda diretamente sobre o hardware mas executa cada máquina virtual como um processo no sistema hospedeiro.

O trabalho do hypervisor é alocar recursos para os hosts hóspedes, isola-los uns dos outros, fornecer interfaces de dispositivos portáteis e limpas, ou seja, fornecer máquinas virtuais que possam ser utilizadas de forma eficiente. Para fazer tudo isso ele deve ocupar uma posição privilegiada no sistema.

Em um sistema tradicional, não virtualizado, o sistema operacional ocupa uma posição privilegiada em relação aos aplicativos que rodam no nível de usuário. Para permitir isso, na maioria das arquiteturas de processadores, existem pelo menos dois níveis de privilégio. O sistema operacional então executa em um nível de prioridade maior do que o dos aplicativos dos usuários, forçando assim que estes aplicativos a “seguir regras”, ou a “respeitar a hierarquia”.

No caso de ambientes virtualizados, o hypervisor trabalha neste nível alto de prioridade.


Xen around the world

Hi all!

Xen Around the World é uma iniciativa da comunidade Xen.org para mapear geograficamente a utilização do Xen por país.  Eles fazem este levantamento para definir quais continentes entrarão no circuito mundial de eventos. Para isto é utilizado o Google Maps.

xen around the world

xen around the world

Recentemente recebemos na lista brasileira de discussão o seguinte e-mail do Marco Sinhoreli:

Estamos reunindo esforços para que seja possivel realizar em 2010 um
Xen Summit Latin America aqui no Brasil. Para isso precisamos ter
ideia da real geografia de uso do Xen em nosso continente para que os
patrocinadores coloquem a America Latina no circuito mundial de
eventos. O Xen.org tem um projeto utilizando o maps do google para
levantar esta geografia. Para que está utilizando Xen e que possa
deixar publica esta informação, peço que coloque no mapa elaborado
pelo Xen.org a localização geográfica do uso do Xen.

O projeto está na lista do proprio site do Xen.org em [1] sendo o
penultimo item da lista de projetos. O link direto para o maps é: [2]

[1] http://www.xen.org/community/projects.html
[2] http://maps.google.com/maps/ms?ie=UTF8&hl=en&oe=UTF8&msa=0&msid=103032227175318047199.0004512063c9e38e0e54a&ll=39.203307,-40.017068&spn=90.171154,149.414063&z=2&source=embed

Então a chamada está feita!